Pan de Esgrima

Terminou nesta quinta-feira o Pan de esgrima em Santiago no Chile. O torneio valeu como classificatório para os Jogos Pan-Americanos e valia pontos muito importantes no ranking mundial.

Foto: Us Fencing/Divulgação

Foto: Us Fencing/Divulgação

O grande resultado brasileiro veio na espada feminina. A italiana naturalizada brasileira Nathalie Moellhausen ficou com um ouro. Ela já foi bronze individual no Mundial de 2010 e campeã mundial por equipes em 2010 pela Itália. Nathalie fez uma competição impecável. Passou em primeiro lugar pelos poules entre 59 atletas e depois obteve 5 vitórias seguidas. Na final, apertados 10-9 sobre a americana Kelley Hurley e o ouro. Arriscaria dizer que é o primeiro ouro feminino brasileiro em um Pan. Com o título, Nathalie vai subir bem no ranking mundial, provavelmente indo para o 17º lugar.

Foram mais duas medalhas individuais no masculino. Renzo Agresta mais um vez medalhou no Pan, ficando com o bronze no sabre. Na semifinal ele perdeu pro americano Daryl Homer por disputados 15-14. Na nossa melhor arma, o florete, 3 brasileiros chegaram às 4as de final. Os favoritos Guilherme Toldo e Ghislain Perrier acabaram perdendo e quem surpreendeu foi Heitor Shimbo, que venceu o Toldo por 15-8 e ficou com um bronze. Ele perdeu na semifinal para o americano Race Imboden, vice líder do ranking mundial, por 15-5.

Nas outras 3 provas, nada de top8… A espada masculina é nossa pior arma e Guilherme Melaragno foi o melhor em 14º. No florete feminino Taís Rochel foi 11ª e no sabre feminino Karina Lakerbai ficou em 21º lugar.

Último toque na final do florete por equipe. Alex Massialas sobre Ghislain Perrier. Foto

Último toque na final do florete por equipe. Alex Massialas sobre Ghislain Perrier. Foto

Por equipes, apenas uma medalha, a prata no florete masculino. A equipe, que deve ir completa para o Rio-2016, perdeu na final para os americanos por 45-32. No feminino, a melhor participação foi no florete também, com um 4º lugar, perdendo o bronze por 45-42 para a Venezuela. Esperava-se mais, principalmente da espada feminina, num ruim 8º lugar.

Os Estados Unidos deram mais um show, vencendo 10 das 12 provas. Só não ganharam a espada feminina, vencida pela Nathalie, e a espada masculina, única prova que sequer subiram ao pódio, vencida pela venezuelano campeão olímpico em Londres Ruben Limardo. Por equipes, levaram todas as provas. No Pan de Toronto não deve ser muito diferente.

Foi um pouco decepcionante a participação brasileira em geral, principalmente nas provas por equipes. Apesar disso, o Brasil classificou equipe completa para Toronto, com 18 esgrimistas, o máximo possível. Só Brasil, Canadá, EUA e Venezuela conseguiram isso.

De olho nesta semana nos Pans de judô, no Canadá, e de lutas, também em Santiago.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s