Mundial Masculino de Curling e o mito Thomas Ulsrud

Foi encerrado neste domingo o mundial masculino de curling disputado em Halifax, no Canadá.

O Mundial

Na primeira fase foi como o esperado. 12 equipes num todos contra todos, a Noruega do Thomas Ulsrud e o Canadá do Pat Simmons foram quase perfeitos, com 10 vitórias e 1 derrota. A única derrota norueguesa foi para a equipe dos EUA por 10-7 e a única derrota canadense foi pra equipe do Ulrud por 9-3. Campeã mundial em 2013 e bronze em Sochi, a equipe sueca do Niklas Edin ficou em 3º com 8 vitórias. Finlândia e Estados Unidos empataram em 4º e disputaram partida de desempate, vencida pelos finlandeses por 6-5.

O sistema de finais é um pouco diferente. Noruega e Canadá, as duas melhores equipes, disputaram um playoff final. Por 7-6 no 11º end, o end de desempate, a Noruega venceu e se garantiu na finalíssima. Com a derrota, o Canadá foi para a semifinal, onde pegou a Suécia, que passou pela Finlândia por 7-4 no playoff 3-4.

Na semi, graças a um roubo de martelo do time sueco, Edin se garantiu na final com um 6-3. O capitão sueco fez uma prova perfeita, ficando com a pontuação de 100% na partida. Na disputa do bronze, o Canadá ficou com o bronze, vencendo a Finlândia por 8-4. O Canadá ficou fora do pódio ano passado quebrando uma sequencia de 12 pódios seguidos. Agora está de volta.

Captura de Tela 2015-04-05 às 23.10.20

Na final, a equipe sueca abriu logo um 3-0 no 1º end. A equipe norueguesa diminuiu para 3-1 depois roubou o martelo sueco empatando em 3-3. O 4º end ficou zerado. No 5º, mais um 3-0 sueco. A Noruega diminuiu para 6-4, mas aí vieram mais 3 pontos pra equipe do Edin em um end. No 8º, a Noruega diminuiu para 9-5. No 9º viram que não daria mais e entregaram a partida. Foi o 2º título mundial da equipe do Niklas Edin, que também foi campeão mundial em 2013, e o 7º título de uma equipe sueca.

O próximo Mundial será em 2016 na Basileia, Suíça.

O mito Ulsrud

Em 2006, eu estive nos jogos de inverno de Turim e fui um dia assistir às partidas de curling. Nunca tinha visto um jogo inteiro e não conhecia muita coisa. Achei o máximo. Era divertido e fui mais legal ainda que a Itália venceu no end de desempate a partida num ginásio lotado.

No Brasil, o curling começou a ficar conhecido na edição seguinte, nos Jogos de Vancouver-2010. Desde então, o Sportv transmite todos os anos os mundiais masculinos e femininos e o povo brasileiro aprendeu a amar esse esporte, aquele, “da vassourinha e da chaleira”.

Mas o que chamou mesmo a atenção de muita gente foi a equipe da Noruega. Divertidos e sempre animados, a equipe liderada pelo Tomas Ulsrud conquista novos fãs a cada ano.

Primeiro pelas famosas calças como as acima usadas neste mundial. Cada torneio importante eles lançam um novo modelo. Basta jogar no google “Ulsrud pants” e se divertir. Mas atenção! As imagens são muito fortes! rs

Na final deste domingo o Ulsrud teve mais um gesto que o torna mais mito ainda. Com chances mínimas da vitória no 9º end, a equipe da Noruega entregou o jogo, como é de costume no esporte. Mas a maneira que ele entregou foi sensacional. Já era fã do Ulsrud, agora sou mais ainda! Segue vídeo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s