Mundial de Handebol Masculino – Parte Final

O mundial masculino do Qatar encerrado no último domingo classificou a primeira seleção para o Rio-2016 (sem contar o Brasil, que já tem vaga como sede), ninguém menos que os atuais bicampeões olímpicos: a França.

Quartas de final

Antes de chegar ao título francês, as quartas viram uma das maiores zebras dos últimos tempos. A seleção do Qatar, que podemos até chamar de um combinado do mundo, venceu a superpoderosa Alemanha por 26-24. A tradição alemã é grande, mas ela não havia se classificado para o Mundial, quando perdeu para a Polônia na qualificação europeia.

O Qatar iria pegar na semifinal justamente a Polônia, que venceu a grande equipe da Croácia (que havia eliminado o Brasil na rodada anterior) por 24-22. Do outro lado da chave, a França não tomou conhecimento da Eslovênia vencendo por 32-23. Fechando as 4as, a Espanha fez um jogo apertadíssimo com a Dinamarca, graças ao gol de Joan Canellas no último segundo da partida, vencendo por 25-24.

Semifinais

O Qatar continuou seu torneio dos sonhos vencendo na semifinal os poloneses por 31-29. O goleiro Danijel Saric seguiu seu torneio sensacional, fazendo 12 defesas na partida. Com a vitória, o Qatar se torna a primeira equipe não-europeia a chegar à final de um mundial masculino.

Do outro lado, a França venceu mais uma vez bem, passando pela Espanha por 26-22. O super goleiro francês Thierry Omeyer fez nada menos que 20 defesas na partida, sendo 4 de 7m!

Finais

Na disputa do bronze, a Polônia conquistou a sua 4ª medalha em mundiais, a primeira desde 2009. Após empate em 24-24, a partida foi para a prorrogação, onde a Polônia venceu por 29-28, tirando os espanhois campeões mundiais do pódio.

Na grande final, o Qatar bem que tentou, mas só esteve a frente do placar no 1-0. A França já fez 3-1 e não perdeu mais a liderança do placar e em nenhum momento viu o Qatar empatar. Na disputa dos goleiros, Omeyer fez 9 defesas contra 14 de Saric.

A França, assim, é a equipe a ser batida na atualidade. Atuais bicampeões olímpicos, a França venceu 3 dos últimos 4 mundiais, apenas ficando fora do pódio na edição anterior. Com o título, a França já está classificada para os Jogos do Rio-2016 e conquista o penta mundial, única seleção com esse feito.

Aliás, as Olimpíadas devem ser a competição final de vários jogadores que fizeram a história do handebol francês e mundial. Jerome Fernandez e o goleiro Thierry Omeyer, eleito o MVP do Mundial, tem ambos 2 ouros olímpicos, 4 mundiais e 3 europeus. Já Michel Guigou, Nikola Karabatic e Daniel Narcisse tem o mesmo, mas “apenas” 3 mundiais.

O Brasil, portanto, terminou em 16º na frente de 4 europeus, e mostrou que tem boas chances de brigar também no masculino por uma boa colocação. O próximo mundial será em 2017 nada menos que na própria França.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s