Mundial de Handebol Masculino – Parte I

Após 3 rodadas, o Mundial de Handebol masculino no Qatar começa a definir os classificados para a fase de mata-mata. Com 3 sedes, o Qatar construiu a maior delas, a Lusail Sports Arena na cidade planejada de Lusail, que comporta 15.300 espectadores somente para este Mundial. Lembrando que o Mundial já começou com algumas controvérsias. A Austrália havia vencido o campeonato da Oceania e tinha direito à vaga, mas a IHF tirou a vaga australiana devido ao baixo nível técnico e deu para a Alemanha, melhor classificada no mundial de 2013 que não se classificou para o torneio deste ano. Além disso, Bahrain e os Emirados Árabes Unidos desistiram por desavenças políticas e foram substituídos pela Islândia e Arábia Saudita.

Grupo A

O Brasil abriu o Mundial na quarta-feira da semana passada com os donos da casa, e não foi parelho para uma seleção formada com vários estrangeiros naturalizados, perdendo por 28-23, numa bela atuação do goleiro bósnio naturalizado Danijel Saric. O goleiro do Barcelona defendeu 47% dos ataques brasileiros. Na quinta, a rodada foi encerrado com Espanha 38-33 Bielorrússia e Eslovênia 36-23 no Chile. No sábado, o Brasil pegou os espanhois, atuais campeões mundiais. Com uma bela atuação e contando com muitos erros da Espanha, o Brasil fez um jogo parelho e chegou até a liderar o placar no meio do 2º tempo, mas no final o time euripeu foi melhor vencendo por 29-27. No duelo entre europeus, Eslovênia venceu 34-29 Bielorrússia e o Qatar passou 27-20 pelo Chile.

Nesta segunda-feira, foi a vez dos pontas brasileiros Felipe Borges Ribeiro (com 9 gols e 90% de aproveitamento) e Fábio Chiuffa (7 gols em 8 arremessos) fazerem a diferença no jogo contra a Bielorrússia e o Brasil venceu por 34-29, respirando no Mundial. Espanha (37-16 no Chile) e Qatar (31-29 na Eslovênia) seguem invictos e já estão classificados para as 8as.

O Brasil enfrenta nesta quarta a Eslovênia e tem boas chances de vencer. As duas vão brigar diretamente pelo 3º lugar do grupo, fugindo da forte equipe da Croácia, que deve vencer o grupo B.

Grupo B

Pelo grupo grupo que cruzará com o do Brasil nas 8as, a Croácia e a Macedônia seguem invictas com 3 vitórias e já garantidas na próxima fase. Elas se enfrentarão nesta 4ª pela liderança do grupo. Os croatas, atuais bronzes olímpicos e mundiais, venceram 32-30 a Áustria, 28-25 a Tunísia e 41-22 o Irã. Já a Macedônia passou 33-25 pela Tunísia, 33-31 pelo Irã e 25-22 na Bósnia.

A Áustria veneu a Bósnia 23-21 e empatou 25-25 com a Tunísia e aparece em 3º, seguida da Bósnia que venceu apenas o Irã por 30-25.

Grupo C

No forte Grupo C, que conta com 4 times europeus e a ótima seleção do Egito, a Suécia, França e Egito saíram na frente. A eterna vice olímpica Suécia (mas tetracampeã mundial) é a única invicta com 3 vitórias, 24-16 na Islândia, 36-22 na República Checa e 27-19 na Argélia. Mas como pegou os mais fracos do grupo ainda pode mudar tudo.

A França teve dificuldades com os checos, vencendo na estreia por 30-27 e venceu os egípcios por 28-24, mas sofreu um inesperado empate de 26-26 com a Islândia. Além da derrota para os franceses, o Egito venceu seus outros dois jogos (34-20 na Argélia e 27-24 nos checos) e as 3 equipes já estão nas 8as.

A última vaga está em aberto, mas a Islândia saiu na frente com o bela empate com a França e com uma vitória sobre a Argélia 32-24. 

Grupo D

Em mais um grupo com 4 times europeus, quem foi responsável pela maior zebra até o momento foi a Argentina. Logo na estriea, fez um duro jogo contra a Dinamarca. Os dinamarqueses foram para o intervalo vencendo por 13-8, mas a Argentina se recuperou e conseguiu um belo empate em 24-24. Contra a Polônia, os argentinos ficaram perto de um novo empate, fazendo 2 gols no último minuto, mas perderam por apenas 1 gol, 24-23. Eles ainda venceram a Arábia Saudita por 32-20.

Quem lidera o grupo é a Alemanha, que venceu apertado a Polônia 29-26 e a Rússia 27-26, mas sofreu um empate em 30-30 com a forte equipe da Dinamarca, em um jogo que tinha tudo para ficar empatado. Com dois empates e uma vitória de 38-18 nos sauditas, a Dinamarca está em 2º. A Polônia aparece em 3º após uma bela vitória sobre os russos de 26-25. Os russos, que venceram na estreia 27-17 os sauditas é apenas o 5º do grupo! Ninguém está classificado ainda no grupo mais disputado deste mundial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s