Resumo do fim de semana

Rugby

A seleção masculina de Sevens disputou o Viña Sevens, em Viña del Mar, Chile. O torneio valia duas vagas para disputar o Qualificatório de Hong Kong, torneio com 12 equipes que classificará a campeã para o circuito mundial 2015-16. No Grupo B, de onde sairiam duas vagas, o Brasil perdeu para o Uruguai por 5-0, mas aí venceu o Chile por 7-0, a 1ª vitória sobreos chilenos desde 2011. Depois venceu fácil 61-0 o Peru e, com o empate entre Uruguai e Chile, o Brasil garantiu o 2º lugar no grupo e a vaga pra etapa do World Series.

Nas 4as, o Brasil venceu 26-7 o Canadá, perdeu 19-5 para a Argentina e na disputa do bronze perdeu 7-5 para o Chile, terminando em 4º.

Em Hong Kong o Brasil terá muita dificuldade contra Uruguai, Rússia, Espanha, Hong Kong, Coreia do Sul, Tonga, Papua Nova Guiné, Zimbábue, Tunísia, Guiana e México.

Ciclismo

Na 3ª e última etapa da Copa do Mundo de pista, os atletas brasileiros não foram bem como em outras etapas.

No sprint por equipe masculino, a equipe ficou em 16º entre 17. O tempo seria de 45.120 e o Brasil seria 13º, mas houve um problema na troca dos ciclistas brasileiros e eles foram relegados, ficando sem tempo. Melhor velocista brasileiro, Flávio Cipriano ficou 0.122 atrás do britânico Lewis Oliva na primeira rodada da Keirin, não avançando. Na repescagem, teve problemas e ficou em 3º na sua bateria, 19º geral. No sprint individual, ele ficou em 33º na quali com 10.400 e não avançou de fase.

Na omnium, Gideoni Monteiro começou bem em 10º na scratch, mas foi caindo de produção a cada prova e terminou em 23º entre 24 com 48 pontos apenas. No feminino, Gabriela Gomes fez sua estreia em Copas do Mundo, mas foi não bem. No sprint, ficou em 32ª e última com 12.209. Na Keirin, foi 5ª na sua bateria da primeira rodada e 4ª na repescagem.

No Tour de San Luis feminino de estrada, Janildes Fernandes venceu após 6 etapas, somando 9:52:48, com 8s de vantagem sobre a americana Lauren Stephens. A brasileira Ana Paula Polegatch ficou em 3º.

 

Esgrima

Guilherme Toldo foi bem na etapa de Paris da Copa do Mundo de florete. Ele venceu a sua poole e foi para a chave de 64, mas perdeu na estreia 15-9 para o japonês Daiki Fujino e ganhou 2 pontos para o ranking mundial. Ghislain Perrier foi mal e termino em 122º lugar. Por equipe, o Brasil venceu na estreia 45-32 o Chile, mas perdeu 3 partidas seguidas (45-36 pro Egito, 45-41 para a República Checa e 45-36 para e Bielorrússia) e terminou em 16º.

Já as meninas do florete foram para Gdansk e a Taís Rochel foi a melhor em 72ª. Por equipe conquistaram a 14ª posição. Perderam na estreia feio 45-17 para a Coreia do Sul, depois 45-31 pro Japão, aí venceu 45-27 a Suécia e perdeu a disputa do 13º lugar 45-31 pra Hong Kong.

Tênis

Marcelo Melo e Bruno Soares (cada um com seu parceiro) por pouco não fizeram a final do ATP250 de Auckland. Marcelo jogou ao lado do bielorrusso Max Mirnyi e perdeu na semifinal por 64 36 14-12 para Dominic Inglot (GBR)/Florin Mergea (ROU).

Já Bruno e Alexander Peya caíram na outra semi 36 63 10-4 para Raven Klaasen (RSA)/Leander Paes (IND).

O torneio de Auckland é bom para os brasileiros. Marcelo venceu em 2014 a final sobre o Bruno, que havia vencido em 2013. Os dois ainda perderam na final de 2010, quando jogavam juntos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s