Resumo do fim de semana de inverno

Prato cheio para os fãs de esportes de inverno, como eu!

Esqui Alpino

Ela está de volta! Após quase dois anos desde o acidente na prova de Super-G no Mundial de 2013 que a tirou dos jogos de Sochi, a musa americana Lindsey Vonn venceu uma prova da Copa do Mundo (a primeira desde janeiro de 2013) e mostrou que vai brigar de igual para igual no mundial nos Estaoods Unidos em fevereiro. Em Lake Louise (CAN), foram três provas no fim de semana, duas de downhill e uma de Super-G.

No primeiro downhill na sexta-feira, a eslovena Tina Maze, campeão olímpica nesta prova em Sochi, venceu com 1:50.98, 0.45 de vantagem sobre Anna Fenninger. Vonn foi 8ª. Já na segunda prova no sábado, pódio todo americano, com Vonn vencendo com 1:50.48, 0.49 de vantagem sobre Stacey Cook. No Super-G do domingo, Lara Gut (SUI) venceu com 1:18.46, 0.37 melhor que a Lindsey Vonn.

Já no masculino, o norueguês Kjetil Jansrud venceu a 3ª prova seguida da temporada, liderando o downhill em Beaver Creek (USA) com 1:40.17. No Super-G sábado, vitória do austríaco Hannes Reichelt com Jansrud em 2º. Já no slalom gigante no domingo, o americano Ted Ligety voltou a subir no ponto mais alto do pódio na sua maior especialidade. Campeão olímpico em Sochi, Ligety fez 2:34.07 após as duas descidas, apenas 0.18 melhor que Alexis Pinturault (FRA).

Classificação geral após 7 etapas:

Masculino – 1) Kjetil Jansrud (NOR) – 412; 2) Marcel Hirscher (AUT) – 240; 3) Hannes Reichelt (AUT) – 207

Feminino – 1) Tina Maze (SLO) – 380; 2) Anna Fenniger (AUT) – 263; 3) Kathrin Zettel (AUT) – 250

Esqui Nórdico

A turma do cross country foi a Lillehammer disputar o tradicional mini tour da abertura da temporada, com 3 provas, e a Noruega continua imbatível, principalmente no feminino.

Marit Bjoergen venceu o sprint estilo livre, mas sua compatriota Therese Johaug levou os 5km livre e a perseguição 10km clássica. No geral das 3 etapas, deu Bjoergen que na somatória dos tempos levou o tour por apenas 0.6 e disparou na classificação geral. No masculino, Pal Golberg levou o sprint, Martin Sundby (foto) os 10km livre e Didrik Tonseth os 15km perseguição clássico, só Noruega. No geral do tour, vitória do Sundby por 16.6 sobre Finn Krogh

Classificação geral após 6 eventos:

Masculino – 1) Martin Johnsrud Sundby (NOR) – 391; 2) Finn Krogh (NOR) – 309; 3) Pal Golberg (NOR) – 230

Feminino – 1) Marit Bjoergen (NOR) – 519; 2) Therese Johaug (NOR) – 388; 3) Heidi Weng (NOR) – 304

Duas provas de combinado nórdico também em Lillehammer, ambas na rampa de 138m seguidas de uma corrida de 10km. Eric Frenzel (GER), o cara no ano passado, venceu no sábado e já soma 18 virtórias em copas do mundo, e Mikko Kokslien (NOR) levou a prova no domingo.

Classificação após 3 etapas:

Masculino – 1) Fabian Riessle (GER) – 200; 2) Eric Frenzel (GER) – 153; 3) Mikko Kokslien (NOR) – 136

Nos saltos, o austríaco Gregor Schlierenzauer venceu a primeira prova na rampa de 138m. Ele é o maior vencedor da história da Copa do Mundo e agora soma 53 vitórias! A segunda prova deu a vitória a Roman Koudelka (CZE), sua segunda na temporada. Por conta do vento inconstante e que poderia trazer riscos aos atletas, a segunda rodada de saltos foi cancelada e o checo venceu com apenas um salto de 153,9 pontos.

Na abertura da temporada feminina de saltos, vitória da eslovena Spela Rogelj na rampa de 100m. Com 267,3 pontos, ela venceu sua primeira etapa da carreira. A japonesa Sara Takanashi, que dominou a temporada passada (embora não tenha vencido medalha olímpica) ficou em 3º.

Masculino (após 5 provas) – 1) Roman Koudelka (CZE) – 290; 2) Simon Ammann (SUI) – 281; 3) Anders Fannemel (NOR) – 250

Feminino (após 1 prova) – 1) Spela Rogelj (SLO) – 100; 2) Daniela Iraschko-Stolz (AUT) – 80; 3) Sara Takanashi (JPN) – 60

Biatlo

Começou a temporada do biatlo em Oestersund. No domingo passado, o revezamento misto abriu a temporada com vitória da forte equipe da França. Martin Fourcade, fechando o revezamento, buscou um gap de 36s para vencer com 1:15.05.5 numa chegada espetacular com Noruega e Alemanha chegando juntas apenas 0.2 depois da França! No photo finish, prata para a Noruega.

Já nos 20km individual, Fourcade decepcionou muito. Errou logo na primeira volta 4 tiros e, como cada tiro acarreta em 1min de penalidade, desistiu de forçar e terminou em um 81º lugar, mais de 10min depois do vencedor, o norueguês Emil Hegle Svendsen, único a zerar os tiros. Em compensação no sprint e na perseguição, Fourcade se recuperou, vencendo as duas provas! Venceu o sprint com quase 30s de vantagem sobre Ondrej Moravec (CZE) e 10s sobre Anton Shapulin (RUS) na perseguição.

No feminino, três vitoriosas. Darya Domracheva (BLR) levou o individual com 28s sobre a Kaisa Makarainen. No sprint, Tiril Eckhoff (NOR) surpreendeu com 4s6 de vantagem sobre Veronika Vitkova. Já na perseguição, Makarainen sobrou na prova, com arrasadores 48s de vantagem!

Masculino (após 3 provas) – 1) Emil Hegle Svendsen (NOR) – 144; 2) Martin Fourcade (FRA) – 120; 3) Michal Slesingr (CZE) – 113

Feminino (após 3 provas) – 1) Kaisa Makarainen (FIN) – 162; 2) Darya Domracheva (BLR) – 143; 3) Valj Semerenko (UKR) – 140

Patinação de Velocidade

Na 3ª etapa em Berlim, Ireen Wust levou 3 ouros vencendo os 1.500m com 1:55.89, os 3.000m com 4:01.55 e na perseguição por equipes com 2:59.72. Lee Sang-Hwa (foto) venceu as duas disputas de 500m, prova que vem dominando nos últimos anos. Brittany Bowe venceu nos 1.000m na frente da Heather Richardson, que ficou com 4 pratas nesta etapa.

No masculino, foi a vez da Polônia! Sem o russo Pavel Kulizhnikov na disputa, Artur Was levou as 2 duas provas de 500m com 35.01 e 35.04. Jan Szymanski venceu os 1.500m e a Polônia levou a perseguição. Jorrit Bergsma levou o único ouro holandês nos 5.000m e Nico Ihle salvou a Alemanha vencendo os 1.000m.

Outros Esportes

Copper Mountain (USA) recebeu provas de halfpipe de esqui e snowboard, dominadas por americanos. No snowboard, a campeã olímpica em 2002 Kelly Clark venceu no feminino e Taylor Gold faturou no masculino. Nos esquis, o campeão olímpico em Sochi David Wise levou a prova masculina e Janina Kuzma (NZL) venceu no feminino.

Já no Canadá, Marielle Thompson (CAN), ouro em Sochi, venceu a primeira prova de ski cross da temporada, enquanto Thomas Zangerl (AUT) levou no masculino.

Na 2ª etapa do luge, surpresa no masculino! Tucker West venceu com 1:42.117 e venceu pela primeira vez aos 19 anos e é o primeiro americano a vencer uma etapa no masculino desde fevereiro de (pasmem!) 1997! Felix Loch não foi bem e terminou em 6º. Já nas outras provas, sem novidades, com 3 ouros alemãos. Toni Eggert/Sascha Benecken venceram nas duplas, Natalie Geisenberger segue sem saber brincar e venceu mais uma etapa (26ª na carreira) e os 4 alemães já citados aqui venceram o revezamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s