Mundial de Piscina Curta – Dia 1

O Mundial de Doha começou de maneira espetacular com 5 finais, 3 recordes mundiais, show da espanhola e um ótimo dia para o Brasil!

Finais

Na primeira final do dia, o sul-africano campeão olímpico nos 200m borboleta Chad le Clos venceu os 200m livre com 1:41.45. O sérvio Velimir Stjepanovic liderou a prova toda, mas não aguentou o ritmo e perdeu nos últimos 50m para o sul-africano, terminando em 6º. Após passar 100m em último, Danila Izotov (RUS) fez uma segunda metade excepcional e terminou com a prata com 1:41.67. Ryan Lochte, que por muito pouco não passou para a final (foi 8º na eliminatória) beliscou um bronze com 1:42.09, levando sua incrível 31ª medalha em mundiais de piscina curta e sua 65ª medalha em mundiais e Olimpíadas! Foi a 28º vitória consecutiva do le Clos!

Nos 200m borboleta feminino, começou a maratona da húngara Katinka Hosszu. Favorita para levar pelo menos 10 medalhas, Katinka liderou a prova toda até os 175m, nadando sempre abaixo do recorde mundial, mas num final incrível, a espanhola Mireia Belmonte Garcia passou a húngara fechando com 1:59.61, novo recorde mundial em piscina curta. Katinka terminou com a prata com 2:01.12 e a alemã Franziska Hentke foi bronze com 2:03.89. Mireia 1-0.

Depois de várias semifinais, mais um duelo das duas, agora nos 400m medley! E foi bem parecida! Hosszu liderou até os 250m, com quase 2s de vantagem, mas na passagem do peito, Belmonte se recuperou e assumiu a liderança para não perder mais. Com 4:19.86, Belmonte bateu seu segundo recorde mundial e levou seu segundo ouro. Hosszu amargou mais uma prata com 4:22.94. Campeã em 2012, Hannah Miley (GBR) completou o pódio com 4:24.74. Mireia 2-0.

A França mostrou que tem mesmo a melhor equipe quanto o assunto é o 4x100m livre. Ouro em Londres e em Barcelona, mais um título deles liderados pelo campeão olímpico Florent Manaudou. Os franceses fecharam com 3:03.78, recorde do campeonato, seguidos de Rússia (3:04.18) e Estados Unidos (3:05.58), dando mais uma medalha pro Lochte. O Brasil passou para a final com o 2º tempo, mas se Cielo na final, amargou o 8º lugar com 3:08.31.

No 4x200m livre feminino, o terceiro recorde mundial do dia, com a excelente equipe da Holanda vencendo com 7:32.85. Parcial excepcional da Femke Heemskerk com 1:51.22! Completaram o pódio a China com 7:37.02 e a Austrália com 7:38.59.

Eliminatórias e Semifinais

5 brasileiros conseguiram vagas nas semifinais de suas provas e 4 se garantiram nas finais nesta quinta-feira.

Guilherme Guido passou com o 11º tempo para a semi nos 100m costas com 51.05. Bronze nesta prova em 2012, Guido venceu sua semifinal com 50.12 e ficou com o 2º tempo, apenas atrás do australiano Mitchell Larkin com 49.62. Lucas Salatta foi 23º nas eliminatórias com 52.08.

Felipe França vem mostrando sua evolução nos 100m peito. Nas eliminatórias fez o 2º tempo com 57.13. Na semifinal, ficou com o 6º tempo com 57.21 e está na final. joão Gomes Jr foi o 23º com 59.05 e nem pegou semi.

Etiene Medeiros vem melhorando muito seus 100m costas. Nas eliminatórias fez o 6º tempo com 57.36, novo recorde sul-americano. Na semifinal passou para a final com o 7º tempo, 57.13, diminuindo mais o recorde. A Katinka foi a mais rápida nas eliminatórias e está na final com o 3º tempo.

Nos 100m borboleta masculino, dois brasileiros passaram para a semi. Marcos Macedo fez 50.76 (12º tempo) e Nicholas Santos fez 50.86 (14º tempo). Já na semifinal, Marcos foi segundo na sua bateria e está na final com o 4º tempo geral, com 50.03. Nicholas com 50.79 foi o 14º novamente. Melhor tempo do Chad le Clos com 49.25.

A lituana campeã olímpica, mundial e de tudo mais Ruta Meilutyte fez o melhor tempo na semi dos 50m peito com 28.81, novo recorde da competição.

Não avançaram de fase: João de Lucca 19º nos 200m livre com 1:44.00, Ana Clara Carvalho 23º nos 50m peito com 30.94. O revezamento 4x200m feminino não disputou as eliminatórias por conta da lesão de Giovanna Diamante.

10 finais agitam o segundo dia em Doha. O Brasil já está garantido em 4 finais individuais e disputará eliminatórias de mais 3 revezamentos. De olho principalmente no 4x50m medley masculino! Cielo nada os 50m livre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s