Resumo do fim de semana

Luta

O Rio de Janeiro recebeu a Copa Brasil de luta livre, greco-romana, feminina e de praia, com a participação de 10 países, incluindo algumas potências no esporte. A equipe brasileira levou apenas 1 ouro, 5 pratas e 13 bronzes.

O único título brasileiro veio com a nossa vice-campeã mundial na categoria 75kg, Aline Ferreira. Aline venceu 3 lutas e perdeu uma, mas ainda assim ficou com o ouro. Destaque para sua vitória sobre a canadense Erica Weibe, número 1 do ranking mundial, por encostamento. No feminino foram mais 1 prata (Mayara Graciano, 55kg) e 7 bronzes.

Na greco-romana, os brasileiros foram bem e ficaram com 4 pratas: Diego Romanelli (59kg), Tassio Lima (80kg), Ronisson Santiago (85kg) e Davi Albino (98kg), além de outros 6 bronzes. O Japão venceu 5 ouros e a Suécia 3.

Na luta livre, a pior do Brasil, foram dois míseros bronzes. As potências Estados Unidos e Rússia ficaram com 4 ouros cada, destaque para o russo campeão mundial adulto esse ano Khetik Tsabolov.

Handebol

O Mundial é só daqui a um ano, mas a seleção feminina está na preparação pelo pentacampeonato dos Jogos Pan-Americanos e na busca pelo bicampeonato mundial. Na Espanha, a seleção liderada pelo técnico dinamarquês e cada vez mais brasileiro Morten Soubak (que foi eleito o técnico de modalidade coletiva do ano pelo COB semana passada) venceu seus três jogos em torneio amistoso e conquistou o título do quadrangular, após 35-23 na Tunísia, 33-22 na Polônia e 24-20 na Espanha.

O grande destaque brasileiro, principalmente no jogo final contra as donas da casa, foi a central Ana Paula, autora de 12 dos 24 gols. A notícia ruim veio por conta da lesão de Duda Amorim, que pode precisar de uma cirurgia.

Agora a seleção segue para a Suécia, onde disputa amistoso com a seleção local.

Natação

O Brasileiro Juvenil de Natação foi disputado em Santos e surge um novo nome para os 100m livre do Brasil! Aos 17 anos, Felipe Ribeiro Souza brilhou nos 50m livre com 22.98 e deu show nos 100m livre com 49.93, batendo o recorde do campeonato de ninguém menos que Matheus Santana, que era 50.25, ambos índice para o Mundial Juvenil do ano que vem.

Quem também se deu bem no torneio foi Gabrielle Roncatto. Ela fez dois índices: 56.00 nos 100m livre e 4:19.71 nos 400m livre. Assim, a seleção que irá a Singapura ano que vem já conta com 6 nadadores.

Outros Esportes

– O Brasil venceu o Sul-Americano de menores de atletismo em Cali (COL), com 13 ouros, 21 pratas e 10 bronzes. Destaques para Daniel do Nascimento nos 3.000m com 8:30.85 (3º tempo do ano para os que terão idade para o Mundial ano que vem) e Letícia Melo no salto em distância com 6,13m, ambos recordes do campeonato. O único recorde sul-americano menor veio da equatoriana Maribel Caicedo, nos 100m com barreiras com 13.49.

Sérgio Sasaki ficou em 2º lugar na Copa do Mundo de ginástica artística de Stuttgart, disputada no formato de individual geral. Sasaki somou ótimos 90,565 e ficou atrás apenas do ucraniano Oleg Verniaiev, 4º no Mundial, com 91,731. No desafio por equipes, o Brasil terminou em 4º com 175,250, apenas 0,7 atrás da Alemanha. A equipe brasileira competiu com Lucas Bitencourt, Francisco Barretto Jr, Arthur Nory e Arthur Zanetti.

Guilherme Toldo foi 66º e Ghislain Perrier decepcionou em 101º na Copa do Mundo de florete em Turim. No feminino, Ana Beatriz Bulcão foi 110ª e Mariana Daffner 124ª. O russo campeão mundial esse ano Alexey Cheremisinov e a italiana vice-campeã olímpica Arianna Errigo venceram a etapa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s