E começa a temporada de inverno!

E já começou com tudo a temporada de esportes de inverno! A primeira do ciclo olímpico até PyeongChang-2018.

Esqui Alpino

Neste último fim de semana se iniciou oficialmente a temporada de inverno no hemisfério norte com a primeira etapa da Copa do Mundo de Esqui Alpino, na cidade austríaca de Sölden, que tradicionalmente recebe a primeira etapa continuamente desde 2000 com um slalom gigante.

E a copa do mundo já começa de forma inusitada!

No sábado na prova feminina, a campeã olímpica do slalom Mikaela Shiffrin (USA, direita na foto) fez a melhor primeira decida com 1:17.93 e parecia que já iria começar dominando. Atrás dela com 1:18.02 veio a austríaca Anna Fenninger (esquerda), campeã olímpica no Super-G em Sochi. Já na segunda descida, Fenninger assumiu a liderança com 2:39.85. Shiffrin, última a descer, foi um pouco pior na segunda descida, mas o suficiente para que elas empatassem com 2:39.85 e dividissem o ouro. Em 3º, Eva-Maria Brem (AUT) fechando o pódio para felicidade dos donos da casa.

No domingo na prova masculina, o tricampeão geral da Copa do Mundo Marcel Hirscher mostrou que quer o 4º caneco. Ele “fracassou” em Sochi com a prata no slalom, mas já começa com uma vitória maiúscula no slalom gigante em Sölden. Na primeira descida, 1:14.52, apenas 0.19 melhor que o americano Ted Ligety. Na segunda descida, todos sofreram muito com o péssimo estado da neve e a segunda intermediária castigou vários atletas, incluindo Ligety. Fritz Dopfer (GER) era o líder, mas Hirscher fez uma descida excepcional e fechou com 2:28.09, muito a frente de Dopfer com 2:29.67. Alexis Pinturault (FRA) completou o pódio.

A Copa do Mundo só volta em 3 semanas, no dia 15 de novembro em Levi, Finlândia, com slaloms dos dois gêneros.

Patinação Artística

A primeira etapa do Grand Prix de patinação artística foi o Skate America, em Hoffman Estates, Illinois, Estados Unidos.

A bicampeã mundial juvenil Elena Radionova (foto) foi a segunda no programa curto atrás de sua compatriota Elizaveta Tuktamysheva com 65,57 contra 67,41, mas fez um programa livre melhor e ficou com a vitória somando ótimos 195,47 contra 189,62 de sua compatriota.

Quinto em Sochi e vice-campeão mundial este ano em março, Tatsuki Machida foi bem superior a todos somando 269,09 contra 234,17 do americano Jason Brown e ficou com o ouro. Bronze em Sochi, Denis Ten (KAZ) decepcionou e foi o 4º, mais de 20 pontos pior que sua nota dos Jogos Olímpicos.

Os russos Yuko Kavaguti e Alexander Smirnov venceram no pares com 209,16 e os americanos Madison Chock/Evan Bates venceram na dança com 171,03. Vale lembrar que os campeões olímpicos MEryl Dabvies/Charlie White não vão competir nesta temporada.

O que vem por aí

Ano ímpar é ano de Mundiais na neve! Além das tradicionais copas do mundo, teremos mundiais de todos os esportes de inverno. Segue o calendário:

Janeiro

14/01 – 25/01 – Mundial de Snowboard e Esqui Freestyle – Kreischberg (AUT)

Fevereiro

02/02 – 15/02 – Mundial de Esqui Alpino – Vail (USA)

12/02 – 15/02 – Mundial de Patinação de Velocidade – Heerenveen (NED)

14/02 – 15/02 – Mundial de Luge – Sigulda (LAT)

18/02 – 01/03 – Mundial de Esqui Nórdico (Cross-Country, Saltos e Combinado Nórdico) – Falun (SWE)

23/02 – 08/03 – Mundial de Bobsled e Skeleton – Winterberg (GER)

Março

03/03 – 15/03 – Mundial de Biatlo – Kontiolahti (FIN)

13/03 – 15/03 – Mundial de Short Track – Moscou (RUS)

14/03 – 22/03 – Mundial Feminino de Curling – Sapporo (JPN)

23/03 – 29/03 – Mundial de Patinação Artística – Xangai (CHN)

28/03 – 04/04 – Mundial Feminino de Hóquei no Gelo – Malmö (SWE)

28/03 – 05/04 – Mundial Masculino de Curling – Halifax (CAN)

Maio

01/05 – 17/05 – Mundial Masculino de Hóquei no Gelo – Praga e Ostrava (CZE)

Vale ressaltar que o Brasil vai ter uma participação bem interessante este ano nos esportes de inverno!

Pela primeira vez, os trenós brasileiros de bobsled irão disputar etapas da Copa do Mundo. Será nas etapas de Lake Placid e Calgary, ambas em dezembro, além de seguir competindo na copa norte-americana.

Com uma equipe masculina formada no curling, o Brasil vai disputar algumas competições menores do circuito para enfrentar a partir de 30 de janeiro os Estados Unidos sonhando em buscar vaga no mundial masculino. Missão bem difícil.

Além disso, acompanharei os brasileiros no snowboard, biatlo, esqui alpino, cross-country, aerials, skeleton e a Isadora na patinação.

Ansioso já!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s