Resumo do fim de semana

Mundial Juvenil de Judô

Disputado em Miami, o Mundial juvenil de judô reuniu 518 judocas de 72 países e o Brasil voltou para casa com 3 medalhas. Rafael Macedo foi o único que ficou com a medalha de ouro. Favorito na categoria dos 81kg e cabeça de chave número 1, Rafael venceu na final o russo Mikhail Igolnikov, após uma projeção que o rendeu um yuko e após uma imobilização até o ippon.

A equipe brasileira ainda conseguiu uma medalha de prata com Larissa Freitas nos 44kg, que perdeu na final para a japonesa Hitomi Sakaguchi, e um bronze com Ricardo Santos Júnior nos 66kg. Jéssica Pereira (52kg) e Danielle Oliveira (63kg) perderam nas disputas de bronze e terminaram em 5º e Lincoln Neves (73kg) terminou em 7º. Nas provas por equipe, o Brasil perdeu tanto no masculino como no feminino na disputa do bronze e terminou em 5º.

O Japão foi absoluto vencendo 7 categorias individuais das 16 e levou ainda os dois ouros por equipe. Destaque para Ami Kondo, campeã mundial adulta e que venceu suas 5 lutas por ippon. As outras 9 categorias individuais foram vencidas por judocas de 9 países diferentes. Com essas 3 medalhas, o Brasil agora soma 54 medalhas em Mundiais Sub-21, sendo 12 ouros, 15 pratas e 27 bronzes.

Pan de Tiro com Arco

Disputado em rosario, Argentina, o Pan de tiro com arco foi o primeiro torneio qualificatório para os Jogos Pan-Americanos.

Com um Marcus Vinícius D’Almeida cansado após um ano longo e extenuante e longe do ideal, o Brasil não conseguiu classificar equipe completa ainda para o Pan. Com um 5º lugar por equipe na classificatória tanto no masculino como no feminino, o Brasil precisou disputar uma chave específica para qualificar para o Pan de Toronto. No feminino, Ane Marcelle dos Santos chegou a final contra Larissa Rodrigues e já deram duas vagas para o Brasil, que completou a equipe quando Ana Machado ficou em 6º. Sarah Nikitin decepcionou ficando muito longe das primeiras colocadas.

No masculino, Daniel Xavier ficou em 5º e Bernardo Oliveira (foto) venceu um combate de repescagem e deram duas vagas para o Brasil no masculino. Para enviar equipe completa, precisa conseguir uma vaga extra em torneio em março na República Dominicana, que dará mais 4 vagas por gênero.

Nas disputas do Pan em si, a única medalha nas provas adultas veio com um bronze da Ane Marcelle, vencendo por 7-1 a mexicana Alejandra Valencia pela disputa do bronze. Marcus caiu ainda nas 8as. Por equipe, o Brasil perdeu nas 4as tanto no masculino como no feminino. A Colômbia venceu as provas por equipe no masculino e no feminino tanto no arco recurvo (o olímpico) como no composto. No individual, Khatuna Lorig (USA) e Jake Kaminski (USA) ficaram com o ouro.

Marcus e Ane Marcelle se recuperaram e ficaram com o ouro nas duplas mistas adulta, vencendo a Venezuela nas flechas de desempate. O Brasil ainda venceu as seguintes medalhas: ouro – Ane Marcelle no juvenil feminino, Isabella Bergantin no cadete feminino, Isabella e Marcelo Costa Filho nas duplas mistas cadete; prata – cadete feminino por equipe e bronze – composto masculino por equipe, Marcus no individual juvenil, Larissa Rodrigues no juvenil feminino,

Outros Esportes

– Na esgrima, brasileiros apenas na espada feminina, em Legnano. Amanda Simeão e Cleia Guilhon foram as melhores brasileiras, empatadas, na longínqua 136ª posição. A vitória ficou com a russa Anfisa Pochkalova. Por equipe, Brasil em 19º e a Estônia;

Cazuo Matsumoto disputou a Copa do Mundo de tênis de mesa em Dusseldorf com os melhores do mundo. Na primeira fase, ele perdeu suas duas partidas por 4-1 para Tiago Apolonia (POR) e Sharath Kamal Achanta (IND) e foi eliminado. O título foi para o campeão olímpico Zhang Jike (CHN), que venceu Ma Long (CHN) por 4-3 com 12-10 no 7º set. Após o título, Zhang chutou as grades divisórias na comemoração e, por isso, o júri decidiu manter o título, mas ele não venceu a premiação em dinheiro de US$45.000,00. O vídeo está abaixo e o chute está por volta dos 3min20s.

– Nenhum brasileiro disputou a Final da Copa do Mundo de Tiro, em Gabala, Azerbaijão, com 170 atiradores de 39 países, só a nata. A maior surpresa foi o 4º lugar do Yang Haoran (CHN) no rifle de ar 10m masculino. O líder do ranking e campeão de quase tudo em 2014 fica fora do pódio pela 1ª vez no ano. A Rússia venceu 5 provas das 15 olímpicas e a China ficou com 14 medalhas no total. Destaque pro Leonid Ekimov (RUS) que venceu a pistola fogo rápido 25m com 35 pontos igualando o recorde mundial. Resultados completos aqui.

– Nenhuma medalha brasileira no Grand Prix de taekwondo em Manchester. Talisca Reis (49kg) foi a mais perto, chegando às quartas, onde perdeu no golden point para francesa. Com 2 ouros e 2 bronzes, o Irã foi o melhor da competição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s