7ª Semana de Mundiais – Quarta-feira

Vôlei

Começou a terceira fase do Mundial e não poderia ter sido melhor!

O Brasil abriu a rodada contra a China, que tem sido freguesa nossa nos últimos anos. Desta vez não foi diferente.

Sem nenhuma dificuldade, o Brasil venceu por 3-0, parciais de 25-19 25-16 25-15 em 1:17. Com o time todo titular, Thaisa, Jaqueline e Fe Garay fizeram 15 pontos cada. 14 ataques certeiras de Jaqueline e 7 bloqueios da Thaisa anaquiliram a China. Agora, o Brasil folga nesta quinta e espera o jogo entre China e República Dominicana, que, se vencer as chinesas, já põe o Brasil na semifinal.

No outro jogo do dia, as americanas não conseguiram passar pela força das donas de casa, que, apesar de terem um time levemente inferior, utilizaram a força de 11.500 espectadores para fechar por ótimos 3-0, parciais 25-23 25-22 25-20, com 15 pontos de Antonella del Core. Forma 9 bloqueios italianos contra apenas 2 das americanas. Nesta quinta, as americanas lutam contra a degola com a Rússia, de quem já venceram neste mundial.

Ginástica Artística

Na final feminina por equipe deu a lógica. Um show das americanas e muitos erros bobos da China deram mais um ouro para os Estados Unidos nesta prova.

Praticamente sem erros, leas lideraram desde o 1º exercício, quando começaram no salto. Elas fizeram 46,741 contra 44,123 da China, que acompanhou as americanas os aparelhos. Nas barras assimétricas, elas novamente foram a melhor no aparelho com 44,733 contra 43,599 da China, que contou com uma queda de Shang Chunsong. Detalhe que as chinesas foram as 3 melhores na qualificação nas barras.

Na terceira passagem, na trave, aí foi a vez da China ser a melhor da final, somando 44,066, mas muito pouco a frente das americanas com 43,799. Aí, os Estados Unidos já tinham quase 3 pontos de vantagem.

No solo, a China foi na frente mas novamente houve uma queda e somaram apenas 40,799, contando com a baixíssima nota de Siyi Chen de 12,866. As americanas foram absolutamente impecáveis incluindo uma nota excepcional da jovem e talentosa Simone Biles, com 15,375. Os Estados Unidos fizeram 44,007 no solo, somando 179,280 contra 172,587 da China.

O bronze ficou com a Rússia, que também não fez apresentações boas no solo, mas somou 171,462 contra 170,963 da Romênia.

Este foi o segundo ouro seguido na prova por equipe feminina pros EUA. A última vez que elas não estiveram em um pódio por equipe de mundial foi em 1999. Não será surpresa uma dobradinha na final individual, como ocorreu ano passado.

Pódio

Equipe feminina

Ouro – Estados Unidos – 179,280

Prata – China – 172,587

Bronze – Rússia – 171,462

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s