6ª Semana de Mundiais – Domingo

Vôlei

Não valia relativamente nada, mas ganhar das americanas sempre é bom. Zé Roberto escalou a equipe reserva com Fabíola, Natália, Tandara, Adenízia, Gabi e Carol junto com a líbero Camila Brait. Karch Kiraly também contou com algumas das suas reservas e poupou suas principais jogadoras por boa parte da partida. As duas seleções já estavam classificadas e como o resultado não seria carregado, foi basicamente um amistoso. O Brasil dominou e venceu por 3-0 com parciais de 25-23 25-22 25-21 e segue invicto na Itália com 9 vitórias em 9 jogos. Foi a primeira derrota das americanas no Mundial.

Dos oito jogos deste domingo, apenas um valia alguma coisa. Na preliminar do jogo do Brasil, a Rússia venceu a Sérvia por 3-0 e levou a última vaga para a 3ª rodada. No outro grupo, com as 3 equipes já definidas, a Itália deu a primeira derrota para a China neste mundial, após vencer por 3-1. Com isso, apenas o Brasil está invicto.

Agora, na quarta-feira começa a 3ª fase e os grupos foram definidos nesta segunda. O Brasil está no grupo H e deu sorte no sorteio. Enfrentará na quarta a China, freguesas das brasileiras há algum tempo, e na sexta a República Dominicana. No outro grupo, que pode ser o da morte, Itália, Estados Unidos e Rússia disputam duas vagas e pode dar qualquer coisa.

Ginástica Artística

No domingo, rolou a primeira metade da qualificação feminina, encerrada nesta segunda-feira de manhã. E, como esperado, nenhuma brasileira pegou final. A melhor no individual geral foi a veterana Daniele Hypolito, que terminou em 34ª com 53,399. Com a baixa nota de 12,400 nas barras assimétricas, ela fica fora da final por 0,25. Quem deu show foi a simpática americana Simone Biles, que defende o título mundial. Ela tirou nada menos que a melhor nota no solo, na trave e se classificou também em primeiro para a final do salto! Só nas barras que foi mal e ficou em 57ª. Em segundo lugar aparece a russa Aliya Mustafina com 58,874, que também está em 3 finais por aparelho.

As americanas foram tão bem que, além da líder Biles, Kyla Ross foi a 5ª, Mykayla Skinner a 6ª e Madison Kocian a 14ª e, logicamente, os Estados Unidos ficaram em 1º na classificação por equipes muito a frente da China: 235,038 a 230,753. O Brasil não foi bem e terminou em 16º com 211,621. Por aparelho, a melhor foi justamente a Dani Hypolito no solo, em 31ª. Nada contra a Dani, pelo contrário, o seu histórico deve ser sempre lembrado, mas já era mais que hora das outras meninas ficarem na frente dela.

Parece que quanto mais os meninos evoluem, mais as meninas andam para trás. Esperando ansiosamente por uma seleção com Jade Barbosa, Flávia Saraiva e Rebeca Andrade. Nesta terça as 8:00 da manhã tem a final por equipe masculina com Brasil!

Basquete

E deu o óbvio! As americanas jogaram o necessário para vencer a Espanha e ficar com o 9º título mundial de basquete feminino. A vitória veio logo no 1º quarto, com 28-17. No intervalo, a partida estava 48-29. Com 18 pontos de Maya Moore, eleita a MVP, as americanas venceram por 77-64.

Na disputa do bronze, a Austrália não tomou conhecimento das donas da casa e venceu 74-44 a Turquia, completando o pódio. O Canadá venceu 61-53 a China e terminou em 5º e a França venceu 88-74 a Sérvia e terminou em 7º.

Com o título, os Estados Unidos já estão classificados para o Rio-2016, repetindo o feito do masculino.

O próximo mundial feminino será em 2018 ainda em lugar indefinido, diferente do masculino que pulou para 2019.

Pódio

Ouro – Estados Unidos

Prata – Espanha

Bronze – Austrália

Nado Sincronizado

Na final da rotina livre combinada, o Brasil repetiu o 5º e último lugar da preliminar, mas melhorou sua nota, agora com 84,900. A China venceu a prova com 95,400, seguida do Japão e da Ucrânia.

No domingo também rolou uma prova nova, a equipe highlight, que é uma prova bem curta por equipe de no máximo 2min30s e que deve contar com pelo menos 4 movimentos acrobáticos. Só 3 equipes competiram e a Ucrânia venceu com 93,133.

Pódios

Rotina Livre Combinada

Ouro – China – 95,400

Prata – Japão – 92,267

Bronze – Ucrânia – 91,800

Equipe Highlight

Ouro – Ucrânia – 93,133

Prata – Canadá – 90,000

Bronze – México – 86,000

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s