3ª Semana de Mundiais – Quarta e quinta

Luta

Um dia histórico para a luta brasileira nesta quinta! Aline Ferreira chegou à final da categoria 75kg (que é olímpica) e com isso garantiu a primeira medalha da história de um Mundial adulto para o Brasil! Aline já havia feito história em 2006, quando foi prata no mundial juvenil.

IMG_0004.JPG
Na estreia, Aline venceu a uzbeque Gulmira Ismatova por 6-0., depois passou pela colombiana Andrea Olaya por 7-0. Na semifinal, 5-2 na mongol Burmaa Ochibartyn e chegou à final. Na decisão, enfrentou a americana Adeline Gray, qmue venceu sua 4ª medalha em mundiais adultos. A americana abriu 2-0. Faltando um minuto ela precisava pontuar, mas após 30s sem sucesso, a brasileira conseguiu um ponto, o que não foi suficiente. Medalha sensacional e inédita! Mais um esporte em que o Brasil medalha e que não possui tradição.

IMG_0003.JPG
O outro destaque desta quinta, foi a impartível japonesa Saori Yoshida. Nos 53kg ela conquistou seu 12º título mundial (ela ainda é tricampeão olímpica) e completou 184 lutas invictas! Números impressionantes. Ela sequer levantamos. Versão feminina na luta do Teddy Riner.

O Japão ainda conquistou mais 3 ouros e 1 prata na luta feminina em Tashkent.

Pódios:

Até 48kg luta feminina

Ouro – Eri Tosaka (JPN)

Prata – Iwona Matkowska (POL)

Bronzes – Mariya Stadnik (AZE) e Kim Hyon-gyong (PRK)

Ate 53kg luta feminina

Ouro – Saori Yoshida (JPN)

Prata – Sofia Mattsson (SWE)

Bronzes – Jong Myong-suk (PRK) e Jillian Gallays (CAN)

Ate 55kg luta feminina

Ouro – Chiho Hamada (JPN)

Prata – Irina Ologonova (RUS)

Bronzes – Helen Maroulis (USA) e Iryna Khariv (UKR)

Ate 58kg luta feminina

Ouro – Kaori Icho (JPN)

Prata – Valeria Koblova (USA)

Bronzes – Elif Jale Yesihrmak (TUR) e Anastasiya Huchok (BLR)

Até 60kg luta feminina

Ouro – Sukheegiin Tserenchimed (MGL)

Prata – Yuliya Ratkevich (AZE)

Bronzes – Natalia Golts (RUS) e Taybe Yusein (BUL)

Ate 69kg luta feminina

Ouro – Aline Focken (GER)

Prata – Sara Dosho (JPN)

Bronzes – Laura Skujina (LAT) e Natalia Vorobieva (RUS)

Até 75kg luta feminina

Ouro – Adeline Gray (USA)

Prata – Aline Ferreira (BRA)

Bronzes – Zhou Qian (CHN) e Ochirbatyn Burmaa (MGL)

Basquete

Parecia que dessa vez ia, mas não foi. Depois de fazer um jogo bem disputado na primeira fase contra a Servia, a seleção brasileira sucumbiu no 2º tempo e foi massacrada pelos europeus. A partida foi para o intervalo com 37-32, pouca vantagem para os sérvios, mas o 3º quarto foi um horror. Os sérvios, liderados por um impecável Milos Teodosic, fez 29-12 no quarto e a diferença foi para 22 pontos. Abalados pela superioridade sérvia, nenhuma bola brasileira caía e tudo dava errado. Teve um momento em que o Brasil fez no mesmo instante duas faltas técnicas e a Servia cobrou 6 lances livres seguidos. Novamente a seleção brasileira se despede sem medalha, mas pelo menos espantou o fantasma argentino e fez um excelente mundial, tirando esse jogo. A esperança de um futuro melhor para a seleção está aí.
Na outra partida da quarta, a Espanha foi surpreendida pela frança, de quem tinha vencido fácil na primeira fase. Mesmo sem o astro Tony Parker, a Franca venceu 65-52 e garantiu vaga na semifinal.
Já nesta quinta, mais um passeio norte-americano. A Lituânia bem que tentou e perdia por apenas 8 pontos no intervalo. Mas no 2º tempo, show americano e vitória de 96-68 e vaga na final.

Tiro

IMG_0002.JPG
Na quarta-feira, o Brasil ficou muito muito perto de uma medalha em uma prova olímpica, o que também seria algo inédito em mundiais (o Brasil tem 3 medalhas olímpicas no tiro em 1920).
Rodrigo Bastos já vinha muito bem na qualidade da fossa e estava em 3º após 100 pratos. Na ultima rodada da qualificação, ele fez 24, somando 123 em 4º empatado com mais 6 atletas. No desempate, acertou 4 e avançou para a semifinal. Eduardo Corrêa foi 40º com 120 e André Altobello 62º com 118. Por equipe, o Brasil ficou em 9º.
Na semi, ele começou mal, errando dois prato na primeira série de 5. Terminou com 13 pratos em 15, empatado com checo em 4º. Foi novamente para o desempate, mas foi advertido por demorar para atirar e perdeu o direito de dar o tiro. O checo acertou o prato e avançou para a disputa de bronze. Na final, vitória do eslovaco Erik Varga. Na semi ele foi o único perfeito com 15 pratos. Na final, empatou com o Edward Ling (GBR) com 12. No desempate venceu 5-4 e ficou com o ouro. As 3 vagas olímpicas foram para SVK, GBR e ITA.

IMG_0001.JPG
Na pistola 25m feminina, vitória para Jingjing Zhang CHN com 7-1 na final sobre Jangmi Kim (KOR). No rifle deitado 50m masculino, Cássio Rippel foi 46º na qualificação com 620,8. Sergey Karmenskiy (RUS) bateu o recorde mundial com 632,3, mas não foi tão bem na final e ficou sem medalha. Ouro para o australiano Warren Potent. Na pistola de ar 10m masculina, Jongoh Jin (KOR) venceu sua 2ª prova olímpica, com 200,3 contra 198,0 na final contra o turco Yusuf Dikec. Felipe Wu foi o melhor brasileiro em 30º e por equipe o Brasil foi 10º.

Pódios:

Rifle deitado 50m masculino

Ouro – Matthew Potent (AUS) – 210,0

Prata – Daniel Brodmeier (GER) – 208,6

Bronze – Yury Shchrbatsevich (BLR) – 188,0

Rifle deitado 50m masculino por equipe

Ouro – China – 1870,6

Prata – Bielorrússia – 1870,0

Bronze – Sérvia – 1868,4

Pistola 25m feminina

Ouro – Jingjing Zhang (CHN)

Prata – Jangmi Kim (KOR)

Bronze – Renata Sike (HUN)

Pistola 25m feminina por equipe

Ouro – China – 1741

Prata – Mongólia – 1739

Bronze – Coreia do Sul – 1734

Pistola 25m feminina juvenil

Ouro – Mathilde Lamolle (FRA)

Prata – Yuemei Lin (CHN)

Bronze – Lidia Nencheva (BUL)

Pistola 25m feminina juvenil por equipe

Ouro – China – 1722

Prata – França – 1713

Bronze – Rússia – 1710

Alvo móvel 50m masculino

Ouro – Lukasz Czapla (POL) – 591

Prata – Rickard Johansson (SWE) – 587 (19+20)

Bronze – Dmitry Romanov (RUS) – 587 (19+19)

Alvo móvel 50m masculino por equipe

Ouro – Rússia – 1752

Prata – Finlândia – 1748

Bronze – Suécia – 1741

Alvo móvel 50m masculino juvenil

Ouro – Mika Kinisjarvi (FIN) – 581

Prata – Jesper Nyberg (SWE) – 580

Bronze – Heikki Lahdekorpi (FIN) – 576

Fossa olímpica masculina

Ouro – Erik Varga (SVK)

Prata – Edward Ling (GBR)

Bronze – Giovanni Pellielo (ITA)

Fossa olímpica masculina por equipe

Ouro – Itália – 368

Prata – Kuwait – 367

Bronze – República Checa – 365

Fossa olímpica masculina juvenil

Ouro – Ian O’Sullivan (IRL)

Prata – Jack Wallace (AUS)

Bronze – Nathan Hales (GBR)

Fossa olímpica masculina juvenil por equipe

Ouro – Itália – 357

Prata – Grã-Bretanha – 356

Bronze – República Checa – 353

Pistola de ar 10m masculino

Ouro – Jongoh Jin (KOR) – 200,3

Prata – Yusuf Dikec (TUR) – 198,0

Bronze – Vladimir Gontcharov (RUS) – 178,9

Pistola de ar 10m masculino por equipe

Ouro – China – 1750

Prata – Coreia do Sul – 1744

Bronze – Rússia – 1736

Pistola de ar 10m masculino juvenil

Ouro – Alexander Kindig (GER) – 199,1

Prata – Boram Choe (KOR) – 198,7

Bronze – Lauris Strautmanis (LAT) – 177,8

Pistola de ar 10m masculino juvenil por equipe

Ouro – Letônia – 1718

Prata – China – 1714

Bronze – Coreia de Sul – 1710

Alvo móvel misto 50m masculino

Ouro – Lukasz Czapla (POL) – 397

Prata – Emil Martinsson (SWE) – 394

Bronze – Jozsef Sike (HUN) – 392

Alvo móvel misto 50m masculino por equipe

Ouro – Suécia – 1166

Prata – Rússia – 1164

Bronze – República Checa – 1161

Alvo móvel misto 50m masculino juvenil

Ouro – Heikki Lahdekorpi (FIN) – 386

Prata – Mika Kinisjarvi (FIN) – 383

Bronze – Benoit Germain (FRA) – 380 (20+20+19)

Rifle 50m três posições feminino por equipe

Ouro – Alemanha – 1750 WR

Prata – China – 1738

Bronze – Coreia do Sul – 1735

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s