Resumo do fim de semana

Já falei da canoagem, da esgrima, da natação, de tiro com arco, mas teve muito mais coisa neste fim de semana super agitado!

Judô

O Brasil venceu o Pan de Judô em Guayaquil, Equador, como já era mais que esperado. Só que, diferente do que aconteceu no último Mundial no Rio, os homens foram quase perfeitos e as mulheres decepcionaram.

No masculino, foram 6 ouros, 1 prata e 2 bronzes em 8 categorias. Títulos continentais para Felipe Kitadai (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg), Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo (90kg) e Rafael Silva (+100kg). A prata foi para Luciano Correa (100kg) e bronzes para Rafael Buzacarini (100kg) e David Moura (+100kg).

No feminino, muitas decepções e Cuba dominou com 5 ouros, 1 prata e 1 bronze. Pro Brasil, apenas 1 ouro, 3 pratas e 3 bronzes. O único título veio na sexta com Érika Miranda (52kg). Já a campeã olímpica Sarah Menezes (48kg), a campeã mundial Rafaela Silva (57kg), e a vice-campeã mundial Maria Suelen Altheman (+78kg) perderam na final e ficaram com a prata . Bronzes para Ketleyn Quadros (57kg), Samanta Soares (78kg) e Rochele Nunes (+78kg).

Nas disputas por equipe, o Brasil sobrou no masculino, vencendo 4-1 Cuba na final e terminando com o ouro. No feminino, mais uma decepção e as vice-campeãs mundiais perderam na final para as cubanas por 3-2. O confront foi decidido na última luta, quando Rochele Nunes perdeu para a campeã olímpica e mundial Ydalis Ortiz. Rochele venceu a cubana duas vezes em 2013, mas desta vez Ortiz usou a experiência e fez com que a brasileira fosse punida 4 vezes na luta.

Muito legal ver o retorno do Tiago Camilo já com título!

Vela

Na última etapa da Copa do Mundo de Vela, Martine Grael e Kahena Kunze continuam com o que todo mundo já sabe: são as mulheres a serem batidas na 49erFX! Elas venceram a etapa da Hyeres, na França, com 68 pontos perdidos, contra 76 de dupla da Nova Zelândia.

Os brasileiros não conquistaram mais nenhuma medalha e Robert Scheidt ficou na 4ª posição da Laser com 67 pontos perdidos. Também na Laser, Bruno Fontes ficou em 8º. Na Finn, o campeão mundial Jorge Zarif ficou em 9º. Na 470 feminino, Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ficaram em 6º e o Bimba ficou em 8º na RSX masculina.

Esgrima

Já falei da medalha do Ghislain Perrier no blog, mas outros ótimos resultados no fim de semana.

Também no sábado, Renzo Agresta foi muito bem em torneio em Atenas de sabre, chegando às 8as de final, quando perdeu 15-10 para Kim Junghwan (KOR) e terminou na ótima 10ª posição.

Animados com a medalha do Ghislain no sábado, que venceu na competição dois italianos campeões olímpicos e mundiais por equipe, a seleção de florete masculino enfrentou a Itália na primeira rodada e, acreditem, venceu! Foi por apertadíssimos 45-44, mas já pode ser considerado um dos maiores feitos da esgrima brasileira na história! Vencer a Itália no florete é quase impossível.

Nas 4as, o Brasil perdeu 45-33 para a Polônia e depois sofreu mais duas derrotas, 45-33 para a China e 45-31 para a Coreia do Sul, terminando em 8º. O Brasil subiu para 15º no ranking mundial da categoria.

Vôlei de Praia

Começou a temporada internacional do vôlei de praia com o Aberto de Fuzhou, na China. E o Brasil sofreu duas derrotas nas finais.

No masculino, Alison e Bruno Schmidt fizeram um jogo duro nas 4as contra Ricardo/Álvaro com direito a 17-15 no 3º set. Na semi, passaram pelos campeões do circuito Samoilovs/Smedins, da Letônia, mas na final perderam num jogo duro contra os italianos Nicolai/Lupo 21-17 16-21 15-13.

Já o torneio feminino contou com o retorno à seleção de Juliana, que precisou disputar o qualificatório ao lado de Maria Elisa para chegar à chave principal. E não só passaram pelo quali como chegaram até a final! Na semi pegaram as irmãs Maria Clara/Carol no duelo brasileiro, vencendo por 2-1. Já na final, as americanas Walsh/Ross, lideradas pela tricampeã olímpica Kerri Walsh, venceram fácil com 21-11 21-18. Apesar da derrota, um bom retorno da Juliana e bom início das brasileiras.

O circuito segue nesta semana com o primeiro Grand Slam do calendária em Xangai.

Outros Esportes

Pamela Oliveira fez uma boa prova na etapa da Cidade do Cabo do Mundial de triatlo, terminando a distancia olímpica em 1:48:42 no 11º lugar. Vitória de Jodie Stimpson (GBR) e de Javier Gomez (ESP). Ambos haviam vencido na primeira etapa na Austrália.

Franck Caldeira foi vice-campeão da maratona de Pádova na Itália com 2:12:04, apenas 1s do campeão e já fez índice para o Mundial de 2015.

– Em San Diego, Ronald Julião venceu prova de lançamento de disco com 63,91m e Jucilene Lima ganhou no dardo com 58,01m.

– Em São Bernardo, na Copa Brasil de Provas Combinadas, Alex Soares venceu o decatlo juvenil com 7.341 pontos, conquistando o índice para o Mundial Juvenil.

– O Brasil venceu o Chile por 24-16 no Sul-Americano A de Rugby. Agora enfrenta sábado o Uruguai em Bento Gonçalves pela 2ª rodada.

-Na etapa croata de Osijek da copa do mundo de ginástica artística, Angelo Assumpção, de 17 anos, se classificou para 2 finais, terminando em 6º no solo e em 8º no salto. Péricles da Silva disputou a final das barras paralelas, terminando em 7º.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s