Mundial Indoor de Atletismo – Prévia

De sexta a domingo, 587 atletas de 141 países estarão em Sopot, na Polônia, brigando por medalhas no Mundial Indoor em 26 provas. O Brasil envia uma equipe pequena de apenas 7 atletas, mas com boas chances de finais e até de medalhas.

Masculino – Pista

A principal prova é os 60m, que tem dois americanos como favoritos, pois ambos já correram abaixo de 6.50 este ano. Marvin Bracy tme 6.48 e Trell Kimmons já fez 6.49. Dwain Chambers (GBR), campeão em Doha-2010 e bronze em Istambul-2012 nesta prova, deve brigar por medalha também. 20 atletas correram de 6.60 para baixo, o que deve deixar a prova muito disputada e inesperada.

Nos 400m, Lalonde Grodon (TRI), bronze em Londres, é o favorito e já fez 45.17 este ano. De olho em Luguelin Santos (DOM), prata em Londres, Nery Brenes (CRC), campeão em 2012, Edino Steele (JAM), que tem 45.44 este ano, e no brasileiro Anderson Henriques, finalista no Mundial de Moscou.

Nos 800m, Mohammed Aman (ETH) é o favorito. Com 1:44.52, o campeão mundial outdoor em 2013 e indoor em 2012, deve ter trabalho, pois outros 3 finalistas mundiais também estão na disputa, como Andrew Osagie (GBR) e Marcin Lewandowski (POL).

A disputa do 1.500m está bem aberta, com 4 africanos correndo perto, na casa dos 3:35. Os 3 medalhistas de 2012 estarão na Polônia e de olho em Ayanleh Souleiman (DJI), bronze nos 800m em Moscou.

A prova mais longa, os 3.000m, tem 4 com tempos abaixo de 7:35 este ano: 2 etíopes e 2 americanos. O atual campeão é o 3º americano na dipsuta, ninguém menos que Bernard Lagat. Se vencer novamente, ele se torna tetracampeão mundial indoor na distância, só que sua façanha não será nada fácil.

Nos 60m com barreiras, o francês Pascal Martinot-Lagarde já correu 3 vezes abaixo de 7.50 este ano e pretende melhorar seu bronze de Istambul. Seu compatriota Garfield Darien tem 7.53 no ano, e o campeão europeu outdoor Sergey Shubenkov (RUS) tem 7.55. De olho também nos 3 americanos. Todos tem 7.56 como melhor tempo no ano.

Com 3 medalhistas de ouro do revezamento de Londres, Bahamas é a favorita para o revezamento 4x400m. Os Estados Unidos devem fazer um páreo duro, assim como Grã-Bretanha, Trinidad & Tobago e Jamaica.

Masculino – Campo

O campeão olímpico Ivan Ukhov (RUS) não terá adversários no salto em altura. Está fazendo uma tmeporada indoor espetacular e tem 2,42m como melhor marca, apenas 1cm do recorde mundial de Javier Sotomayor. Prata no Mundial, Mutaz Essa Barshim (QAT) deve brigar por medalha novamente.

Apenas 12 atletas na disputa do salto com vara. Sem o novo recordista mundial Renaud Lavillenie na briga,, o alemão Malte Mohr é o que tem a melhor marca do ano com 5,90m. Pawel Wojciechowski (POL) é a esperança da casa e deve brigar por medalha. De olho também no brasileiro Thiago Braz da Silva, campeão mundial juvenil em 2012.

No salto em distância, o campeão mundial Aleksandr Menkov (RUS) já saltou 8,30m esse ano. Ele terá uma concorrência forte com Louis Tsatoumas (GRE), 8,23m esse ano, Ignisious Gaisah (NED), prata em Moscou, Luis Rivera (MEX), bronze em Moscou, Irving Saladina (PAN), que tenta retomar seus melhores tempos de quanto foi ouro em Pequim-2008, e o do atual campeão mundial indoor, o brasileiro Mauro Vinicius da Silva.

Apenas 5 atletas que estarão em Sopot saltaram mais de 17m este ano no salto triplo e o favorito é Pedro Pablo Pichardo (CUB), que já fez 17,76m este ano em Havana (prova outdoor). São apenas 12 atletas na disputa e o nível não está muito alto não.

No arremesso de peso, Ryan Whiting (USA) tenta o bi em Sopot e quer se recuperar do fracasso em Londres e da prata em Moscou. Ele já arremessou 22,23m este ano e fará uma boa disputa com o bicampeão mundial David Storl (GER) e o bicampeão olímpico Tomasz Majewski (POL), uma das principais chances dos donos da casa.

Ashton Eaton (USA) só perde o heptatlo por um desastre. O campeão mundial outdoor, mundial indoor e olímpico e recordista mundial do decatlo e do heptatlo indoor tem tudo para não só vencer, como também bater o seu recorde de 6.645 dele em Istambul-2012.

Feminino – Pista

A nova sensação da Costa do Marfim, Murielle Ahouré, é o grande nome dos 60m feminino. Prata nos 100m e nos 200m em Moscou, ela já fez a distância em 7.03 este ano e é a única inscrita que já correu abaixo de 7s. Ela também possui 5 dos 10 melhores tempos do ano! Duas grandes adversárias da africana são as jamaicanas Shelly-Ann Fraser-Pryce e Veronica Campbell-Brown, nomes mais que comuns em pódios olímpicos e mundiais.

Nos 400m, Francena McCorory (USA) tem o melhor tempo do ano, com 50.85 e deve brigar com as outras duas americanas (Joanna Atkins e Natasha Hastings) e com a russa Kseniya Ryzhova, que tem 51.03 no ano.

Nos 800m, Ajee’ Wilson (USA), de apenas 19 anos, quer um título mundial adulto para se juntar ao seu juvenil e de menores na distância. COm 2:00.43 este ano, deve brigar com Chanelle Price (USA) com 2:00.48, e com Laura Muir (GBR), 2:00.94 aos 20 anos.

A sueca campeã mundial e europeia nascida na Etiópia Abeba Aregawi é a única abaixo de 4min nos 1.500m que irá a Sopot. A sucea já fez 3:57.91 este ano e é seguida pela holandesa Sifan Hassna, com longínquos 4:05.34. O caminho para Aregawi está aberto já que Genzebe Dibaba (ETH), que bateu o recorde mundial este ano com 3:55.17, optou por se dedicar aos 3.000m.

Nos 3.000m, Dibaba também bateu o recorde mundial este ano, com 8:16.60. A mais próxima a ela é a queniana Hellen Obiri, com 8:29.99 e que defende o título indoor. Tá fácil para a etíope, que é irmã mais nova da lenda tricampeã olímpica Tirunesh Dibaba.

Depois de decepcionar com a prata em Moscou, a campeã olímpica dos 100m com barreiras, Sally Pearson (AUS), busca se redimir e levar o ouro nos 60m com barreiras. Semana passada ela percorreu no mesmo dia 7.79 e 7.80 e tem o melhor tempo do ano. Colada nela está Nia Li (USA) com 7.80.

O revezamento 4x400m deve ficar com as americanas, que tem 3 nomes entre as melhores do ano na distância indoor. A briga pela prata deve ficar entre Jamaica, Grã-Bretanha e Rússia.

Feminino – Campo

No salto em altura a luta está aberta. Mariya Kuchina (RUS) tem a melhor marca do ano com 2,01m, mas Blanka Vlasic, que retorna  de contusão, já saltou 2,00m semana passada, e empatou com Ruth Beitia (ESP) e Kamila Licwinko (POL).

O salto com vara terá um dos melhores níveis, com a campeã olímpica e recordista mundial Jenn Suhr (USA), a vice olímpica Yarisley Silva (CUB) e as perigosas Holly Bleasdale (GBR) e Silke Spiegelburg (GER). A melhor marca do ano é de Anna Rogowska (POL) com 4,76m, esperança da casa. Fabiana Murer tenta voltar aos seus melhores tempos e busca seu 3° título mundial.

No salto em distância, Svetlana Denyaeva-Birukova (RUS), com 6.98m este ano por duas vezes, vem como favorita, seguida da sérvia Ivana Spanovic, bronze no último mundial.

O salto triplo conta com apenas 11 concorrentes, e o nome de peso de Olha Saladuha (UKR). A ucraniana foi bronze em Londres e em Moscou e tem 14,65m no ano. Ekaterina Koneva (RUS) também fez 14,65m e as duas estão bem a frente das outras.

O arremesso de peso tem Valeria Adams (NZL) no páreo. A quase imbatível neo-zelandesa é bicampeã olímpica, tetra mundial outdoor e bi mundial indoor. Já fez 20,19m este ano, acaba de volta de uma cirurgia de joelho e tornozelo, e vê apenas Christina Schwanitz (GER), com 20,05m, como ameaça.Nenhuma das outras 20 concorrentes fez mais de 19m este ano.

O pentatlo tem Sharon Day-Monroe (USA) como melhor marca do ano com 4.805, novo recorde americano indoor. Mas a favorita é Hanna Melnychenko (UKR), campeã do heptatlo em Moscou. A ucraniana não competiu no pentatlo, mas já bateu duas marcas pessoais nesta tempora, nos 60m com barreiras e no arremesso de peso. Bronze em Moscou, a canadense Brianne Theisen-Eaton, esposa de Ashton Eaton, também deve brigar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s