Sochi-2014 – Dia 4

Dia de grandes surpresas e de favoritos decepcionando em 4º.

Biatlo

20140212-003008.jpg
E parece que as coisas começam a voltar ao normal no Biatlo. Anastasiya Kuzmina (SVK) largou na frente na perseguição 10km feminino, após ter vencido o sprint no domingo. Ela tinha 20s de vantagem e manteve-se na frente até a 2ª sessão de tiros, quando errou 1 e viu 3 passarem, incluindo Darya Domracheva (BLR), que segui uma prova quase perfeita e foi para o ouro. Na ultima sessão ela errou um tiro, mas ainda assim estava com mais de 36s de vantagem.
Com uma ótima prova de recuperação, Tora Berger (NOR) saiu do 10º lugar para a prata. Outra que fez grande prova e subiu da 15ª posição para um bronze inesperado foi a eslovena Teja Gregorin. Aliás, quem errou apenas 1 tiro teve um grande salto. Gabriela Soukalova (CZE) foi 29ª no sprint e acabou em 4º. Kuzmina foi 6ª.

Cross Country

Na disputa dos sprints individuais estilo livre, show da Noruega.

20140212-003028.jpg
No feminino, Maiken Caspersen Falla (NOR) fez o melhor tempo na qualificação. As 4 norueguesas ficaram entre as 7! Nas 4as, a primeira grande surpresa: a favorita Kikkan Randall (USA) chegou em 4º na sua bateria e não avançou às semifinais. Nas semis, 3 norueguesas avançaram e Marit Bjoergen teve uma queda e chegou em ultimo na sua bateria. Na final, sem as favoritas, sobrou para Falla, que venceu com 2:35.49, 0.38 de vantagem sobre Ingvild Flugstad Ostberg (NOR) e 0.40 sobre Vesna Fabjan (SLO).

20140212-003049.jpg
No masculino, melhor tempo na quali de Ola Vigen Hattestad (NOR), seguido da esperança russa Sergey Ustiugov. Nas quartas, os noruegueses avançaram em peso, assim como 3 suecos e 3 russos. Campeão no skiathlon, Dário Cologna teve problemas e ficou nas 4as. Nas semifinansi, mais quedas, que tiraram Petter Northug da final.
Na grande final, Hattestad e Teodor Peterson (SWE) se beneficiaram de um acidente com os outros 4 e foram para a disputa do ouro, vencida pelo norueguês com 3:38.39 contra 3:39.61 de Peterson. Com o bronze aberto, Emil Jönsson (SWE) se recuperou mais rápido e chegou sozinho quase 20s depois para o bronze.
Leandro Ribela disputou a qualificação, terminando em 80º entre e 85 e Jaqueline Mourão terminou em 65ª em 67.

Esqui Slopestyle

20140212-003133.jpg
Na disputa feminina, Dara Howell (CAN) foi a melhor na qualificação com 88,80 em sua primeira descida. Por muito pouco a chilena Dominique Ohaco não pegou a final, terminando em 13ª.
Na final, Howell fez uma espetacular primeira descida, tirou 94,20 e ninguém chegou perto dela mais. Devin Logan (USA) com 85,40 na 1ª descida ficou com a prata e graças a uma ótima segunda descida, Kim Lamarre (CAN) ficou com o bronze com 85,00.

Patinação de Velocidade

20140212-003256.jpg
Depois do domínio holandês nas 3 primeiras provas, as coisas mudaram só um pouco. Nos 500m, Lee Sang-Hwa (KOR) era absoluta favorita e provou isso na Arena Adler. Na primeira prova terminou com 37.42 e já ensaiava o ouro. Olga Fatkulina (RUS) competindo em casa fez o 2º tempo de 37.57 e Zhang Hong (CHN) com 37.58 em 3ª.
Na segunda corrida, Zhang fez 37.99 e viu a holandesa Margot Boer fazer 37.71 e assumir a liderança. 3 baterias depois, Fatkulina fez 37.49, somou 75.06 e deixou Boer para trás por 0.42. Na bateria final, a coreana fez mais do que precisava e completou os 500m em 37.28, novo recorde olímpico, e defendeu seu ouro de Vancouver.
E finalmente um ouro não holandês na patinação de velocidade!

Luge

20140212-003326.jpg
Natalie Geisenberger (GER) continuou sua campanha perfeita e foi para o ouro. Na 3ª descida com 49.765 quebrou o recorde da pista. Somou 3:19.768 e ficou com o ouro mais que esperado.
A prata foi para a campeã de Vancouver Tatjana Hufner (GER) a 1.139 da sua compatriota. Com o bronze, a surpresa americana Erin Hamlin a 1.377.

Snowboard Halfpipe

20140212-003407.jpg
E vamos a primeira grande surpresa da noite de Sochi.
Na qualificação, o bicampeão olímpico Shaun White (USA) obteve a melhor nota na sua bateria com 95,75, avançando direto para a final como grande favorito. Lembrando que ele até desistiu de participar do slopestyle para se dedicar ao Halfpipe. Na outra bateria, Ayumu Hirano (JPN) foi o melhor com 92,25.
Campeão mundial, Iouri Podladtchikov (SUI) não conseguiu vaga direta para final e teve que disputar a semifinal, onde foi o melhor com 87,50.
Na final, tudo poderia acontecer. Hirano foi o melhor na primeira passagem com 90,75, seguido de Zhang Yiwei (CHN) com 87,25 e de Podladtchikov com 86,50. Shaun White errou e tirou apenas 35,00.
Na segunda passagem, Podladtchikov melhorou sua nota e assumiu a liderança com 94,75. Hirano melhorou para 93,50 e Taku Hiraoka (JPN) ficou em 3º com 92,25. White foi o ultimo, fez boa apresentação, tirou 90,25 e terminou numa até então inesperada 4ª posição e sem medalha!

Saltos

20140212-003708.jpg
Dia histórico com a estreia dos saltos femininos!
30 mulheres entrando para a história e Sara Takanashi (JPN) vinha com absolutamente todo o favoritismo, após ganhar quase todas as etapas da Copa do Mundo nesta temporada.
No primeiro salto, a melhor pontuação foi de Carina Vogt (GER) com 103m e 126,8 pontos, seguida de Coline Mattel (FRA) com 125,7 e de Takanashi com 124,1.
E a japonesa foi a grande decepção da prova. Tida como um dos ouros mais óbvios dos Jogos, saltou apenas 98,5m, somando 243,0 no total e terminando na amarga 4ª posição.
Vogt saltou 97,5m e somou 247,4 graças ao seu ótimo primeiro salto e ficou com o ouro inédito. Campeã mundial Daniela Iraschko-Stolz (AUT) fez 104,5m no segundo salto e subiu do 5º lugar para a prata Com 246,2. Coline Mattel (FRA) foi bronze com 245,2.

Outros Esportes

– Na segunda rodada do Grupo B de Hóquei Feminino, a Suécia venceu 4-0 a Alemanha e a Rússia fez 2-1 no Japão.
– No curling masculino, Noruega 9-8 Rússia, Suécia 7-6 Canadá, China 9-4 Estados Unidos e Grã-Bretanha 7-6 Alemanha. Suécia invicta com 3 vitórias já!
– No feminino, Coreia do Sul 12-7 Japão, Rússia 9-7 Estados Unidos, Suíça 7-6 Dinamarca, Canada 9-3 Suécia, Suíça 8-6 Coreia do Sul, Grã-Bretanha 12-3 Estados Unidos (foram 7 pontos no 4º end!!!), China 7-5 Rússia e Japão 8-3 Dinamarca. Suíça única com 3 vitórias até o momento.
– No Programa curto dos pares na patinação artística! favoritos Tatiana Volosozhar/Maxim Trankov melhor nota com 84,17, seguidos de Aliona Savchenko/Robin Szolkowy (GER) 79,64 e Ksenia Stolbova/Fedor Klimov (RUS) 75,21.
– Após 26 finais, Noruega lidera com 4-3-4, seguida de Canadá 4-3-2, Alemanha 4-0-1, Holanda 3-2-3 e Estados Unidos 2-1-4. 13 países venceram e 22 medalharam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s