Resumo do fim de semana

Copa do Mundo de vela, abertura do circuito de águas abertas e mais no giro olímpico.

Vela

Na Copa do Mundo de Vela em Miami, brasileiros em todas as categorias olímpicas (menos na Nacra 17), mas conquistou apenas 2 medalhas. Foram apenas 6 regatas na classe Laser, onde Robert Scheidt conseguiu dois 10° lugares. Mas com bons resultados nas outras 4, terminou com a prata com 20 pontos contra 16 do croata Tonci Stipanovic. Bruno Fontes foi 5° com 31.

Na Finn, o campeão mundia Jorginho Zarif teve que fazer um torneio de recuperação. Começou mal, com um 7°, um 16° e um 5°, mas conseguiu melhores colocações, terminando com o bronze, com 31 pontos perdidos., atrás do britânico Giles Scott (21) e do australiano Oliver Tweddell (24).

Na classe RS:X, tanto o Bimba como Patrícia Freitas estavam com as mãos em uma medalha, mas na Medal Race, ele foi 10° e último e ela 5°, e ambos terminaram em 5° lugar. As vice mundiais Martine Grael/Kahena Kunze (foto) não foram muito constantes e terminaram a 49erFX em 4° lugar com 98 pontos perdidos após 13 reagatas.

Maratona Aquática

Belo início de temporada das brasileiras na primeira etapa da Circuito Mundial de 10km da FINA. Em Viedma, na Argentina, Poliana Okimoto venceu a prova com 2:05:13.88 contra 2:05:16.94 de Ana Marcela Cunha, que ficou com a prata. A veterana alemã Angela Maurer completou o pódio.

Entre os homens, vitória do britânico Thomas Allen (1:51:29.04). Entre os brasileiros, Allan do Carmo foi 10° (1:51:42.96), Diogo Villarinho 16° (1:51:45.92) e Samuel de Bona foi 27° (2:07:54.84). A próxima etapa é no México em 5 de abril.

Futebol Feminino

A seleção sub-20 feminina de futebol fez um bom torneio no Sul-Americano da categoria e levou o título. Na primeira fase, 3 vitórias e um empate em 0-0 com a Colômbia. Na fase final foram 3 vitórias, com 11 gols pró e nenhum contra.

3-0 na Bolívia, 6-0 na Colômbia e 2-0 no Paraguai, em jogo que valia o título. Com isso, Brasil e Paraguai se classificaram para a Copa do Mundo Sub-20 Feminina este ano, no Canadá. O Brasil conquistou os 6 sul-americanos da categoria já disputados.

Olímpicas

– Em prova em Genebra de ciclismo de pista, disputando a omnium (que reúne 6 provas do ciclismo), no masculino Flávio Cipriano foi ouro e Kácio Freitas bronze. No feminino, Wellyda Rodrigues ficou com a prata.

– Em provas indoor na Europa, Fabiana Murer ficou em 3° em Moscou com 4,61m, Thiago Braz foi 4° em Bydgoszcz, Polônia, com 5,68m e Augusto Dutra 6° na mesma prova com 5,50m.

– Nas copas do mundo de esgrima, Thais Rochel foi 62ª no florete em Gdansk, Marta Centurion 89ª no sabre em Orleans e Rayssa Costa 115ª na espada em Budapeste.

– No primeiro amistoso após o título mundial, as meninas do handebol feminino venceram a República Dominicana por 38-19 em São Bernardo. Apenas 4 campeãs mundiais estavam presentes.

– No Aberto da Hungria de tênis de mesa, o melhor resultado foi as 4as de final de Hugo Calderano no torneio sub21. No adulto, apenas Jessica Yamada chegou a 2ª rodada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s