Prévia Sochi-2014: Esqui Alpino

Há pouco mais de um mês do início dos Jogos Olímpicos de Inverno, vou começar a série de prévias de cada um dos esportes e vou dar minhas prévias de pódio, começando com o esporte mais emblemático dos Jogos, o esqui alpino.

Downhill

A prova mais rápida do esporte, consiste em uma descida única e, logicamente, o tempo mais rápido leva o ouro. Com uma descida de pouco mais de 3km e de 700 a 900m de queda, os atletas chegam facilmente a 130km/h e, portanto, é a prova com maior risco.

No masculino, quem tem dominado a prova recentemente é o norueguês Aksel Lund Svindal, campeão da Copa do Mundo do ano passado, campeão mundial em 2013 e prata nos Jogos de Vancouver-2010 e é o favorito ao ouro. Este ano, já venceu dois downhills.

No feminino, o principal nome da prova é a americana Lindsey Vonn. Vonn é a atual campeã olímpica e faturou a copa do mundo da prova nos últimos 6 anos! Entretanto, a musa americana ainda sofre com a séria contusão que teve na primeira prova do mundial do ano passado. Ela já participou de 4 provas este ano, mas com pouco sucesso e novamente está dando um tempo. Sua participação em Sochi ainda é incerta e, se realmente for, sua chance de medalhas é imprevisível. De olho, então, na alemã Maria Riesch e na armada austríaca. No último mundial, a francesa Marion Rolland foi a grande surpresa do Mundial e tem pouca chances de repetir o sucesso.

Programação:

09/02 11:00 – Downhill masculino

12/02 11:00 – Downhill feminino

Pódio Masculino:

Ouro – Aksel Lund Svindal (NOR)

Prata – Dominik Paris (ITA)

Bronze – Erik Guay (CAN)

Pódio Feminino:

Ouro – Tina Weirather (LIE)

Prata – Maria Riesch (GER)

Bronze – Anna Fenninger (AUT)

Super-G

O Super-G é um pouco menor que o downhill e possui mais curvas. Com um drop de 600m e distância por volta de 2km, também consiste em apenas uma descida.

No masculino, novamente o domínio tem sido do Svindal, que é o atual campeão olímpico e da Copa do Mundo. No Mundial de 2013, o americano Ted Ligety venceu, mas esse ano não terminou duas provas e foi 5° em outra.

No feminino, Tina Maze venceu o mundial e a Copa do Mundo 2012-13 e foi prata em Vancouver. Nesta temporada, a suíça Lara Gut venceu duas provas nesta distância. A atual campeã olímpica, a austríaca Andrea Fischbacher vem mal e obteve seu último pódio em novembro de 2012.

Programação:

15/02 11:00 – Super-G feminino

16/02 11:00 – Super-G masculino

Pódio Masculino:

Ouro – Aksel Lund Svindal (NOR)

Prata – Ted Ligety (USA)

Bronze – Christof Innerhofer (ITA)

Pódio Feminino:

Ouro – Anna Fenninger (AUT)

Prata – Lara Gut (SUI)

Bronze – Tina Maze (SLO)

Slalom Gigante

É a prova técnica mais longa. Bem mais curta que o Super-G, tem muito mais curvas e é bem mais lenta. Tem por volta de 1km e drop de uns 400m. Para saber o campeão são necessárias duas descidas. Todo mundo desce na primeira e os 30 melhores se classificam para a 2ª. Esta é a prova com maior número de participantes e todos os países que manda atletas apenas para participar (como o Brasil) disputam esta prova. Nos últimos jogos o downhill e o Super-G tiveram 64 competidores no masculino. No slalom gigante foam 103.

O atual campeão olímpico, o suíço Carlo Janka não conquistou nenhum pódio nesta temporada e teve uma temporada passada bem discreta, com apenas um bronze. O americano Ted Ligety é o atual campeão mundial e da Copa do Mundo. Quem vem muito bem é o austríaco Marcel Hirscher, prata no mundial.

No feminino, a alemã Viktoria Rebensburg defende o título olímpico e conseguiu um bronze este ano. Tina Maze é a atual campeã da Copa do Mundo, mas não faz uma boa temporada. A sueca Jessica Lindell-Vikarby e a francesa Tessa Worley são boas apostas também, assim como a jovem americana Mikaela Shiffrin.

Programação:

18/02 11:00 – Slalom gigante feminino – Descida 1

18/02 14:30 – Slalom gigante feminino – Descida 2

19/02 11:00 – Slalom gigante masculino – Descida 1

19/02 14:30 – Slalom gigante masculino – Descida 2

Pódio Masculino:

Ouro – Marcel Hirscher (AUT)

Prata – Ted Ligety (USA)

Bronze – Alexis Pinturault (FRA)

Pódio Feminino:

Ouro – Tina Maze (SLO)

Prata – Tessa Worley (FRA)

Bronze – Mikaela Shiffrin (USA)

Slalom

Prova mais rápida e técnica. São descidas bem curtas com muitas curvas, tanto que as portas que delimitam o percurso nem são mais bandeiras e sim bastões. Os atletas inclusive usam proteções nas mãos e no capacete e o número de quedas é bem alto. São necessárias novamente duas descidas para conhecer o campeão.

No masculino, Marcel Hirscher é o grande favorito. Atual campeão mundial e da Copa do Mundo, o austríaco de 24 anos é a sensação desta prova. Seu compatriota Mario Matt e o alemão Felix Neureuther são outros nomes da prova, assim como o veterano croata Ivica Kostelic, que surpreende nas principais competições. O italiano Giuliano Razzoli, campeão em Vancouver, não segue boa fase.

No feminino, a nova revelação americana Mikaela Shiffrin é o nome atual desta prova. Ela se tornou a campeã mundial aos 17 anos e, agora com 18, já possui 6 títulos de etapas da Copa do Mundo, assim como o título da Copa do Mundo ano passado. Como principais adversárias de Shiffrin, as austríacas Marlies Schild, atual vice olímpica, e Michaela Kirchgasser, atual vice mundial. A campeã olímpica Maria Riesch também merece atenção, assim como Tina Maze. As duas são as mais completas esquiadoras da atualidade.

Programação:

21/02 16:45 – Slalom feminino – Descida 1

21/02 19:00 – Slalom feminino – Descida 2

22/02 16:45 – Slalom masculino – Descida 1

22/02 20:15 – Slalom masculino – Descida 2

Pódio Masculino:

Ouro – Mario Matt (AUT)

Prata – Marcel Hirscher (USA)

Bronze – Ivica Kostelic (CRO)

Pódio Feminino:

Ouro – Mikaela Shiffrin (USA)

Prata – Marlies Schild (AUT)

Bronze – Maria Riesch (GER)

Super Combinada

Esta prova mede o atleta mais completo do esporte, pois consiste em uma descida de downhill, prova de velocidade e força, e um slalom, prova de extrema técnica. Os tempos das duas descidas são somadas e o melhor vence. Esta prova vem sendo meio negligenciada nas copas do mundo, com apenas 2 provas em toda a temporada, sendo que ainda não ocorreu nenhuma. Tanto que hoje nem se dá mais o troféu para o campeão da copa do mundo. Até os Jogos de 2006, eram duas descidas de slalom, o que dava vantagem para os especialistas no slalom.

Quem defende o título é o americano Bode Miller, que tirou a temporada do ano passado para descansar, mas voltou agora. Já o campeão mundial é Ted Ligety. De olho novamente no Kostelic, prata no último mundial e nos últimos dois Jogos Olímpicos.

No feminino, a favorita é a alemã Maria Riesch, que defende o ouro olímpico e é a atual campeã mundial. A super completa Tina Maze também tem chances, assim como a armada austríaca. Esta prova é bem imprevisível.

Programação:

10/02 11:00 – Super Combinada feminina – Downhill

10/02 15:00 – Super Combinada feminina – Slalom

14/02 11:00 – Super Combinada masculina – Downhill

14/02 15:30 – Super Combinada masculina – Slalom

Pódio Masculino:

Ouro – Ted Ligety (USA)

Prata – Alexis Pinturault (FRA)

Bronze – Benjamin Raich (AUT)

Pódio Feminino:

Ouro – Maria Riesch (GER)

Prata – Kathrin Zettel (AUT)

Bronze – Lara Gut (SUI)

Anúncios

Um pensamento sobre “Prévia Sochi-2014: Esqui Alpino

  1. Pingback: Balanço final das prévias | Os Olímpicos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s