Mundial Indoor de Atletismo – Dia 1

Istambul recebe de sexta a domingo o Mundial Indoor de Atletismo, que serve para muitos como um dos principais preparativos para Londres-2012, o ápice do ano.

Com 683 atletas de 172 países (recorde em Mundiais Indoor) disputando 26 eventos, o Mundial promete grandes resultados e conta com poucas estrelas, mas com algumas que provavelmente serão medalhistas nas Olimpíadas, como Yelena Isinbayeva, Jessica Ennis, David Storl, Meseret Defar, Anna Chicherova, Renaud Lavillenie, Brittney Reese, Valerie Adams, Bernard Lagat e muitos outros.

Brasileiros

Com uma seleção de apenas 7 atletas, o Brasil contou com 4 deles estreando nessa sexta. Pela manhã, dois resultados ruins. Gisele de Oliveira fez apenas 13,60m no salto triplo, ficando em 11ª no Grupo B e 22ª no geral, não avançando para a final (que nos Mundiais Indoor tem apenas 8 atletas nas provas de campo, contra 12 em Mundiais Outdoor e Olimpíadas). Nas baterias dos 400m feminino, Geisa Coutinho havia estabelecido recorde brasileiro, mas acabou saindo de sua pista e sendo desclassificada.

Já a tarde, Nilson André fez 6.86 na 1ª bateria dos 60m, ficando em 3º e avançando entre os 8 melhores tempos dos não-classificados, fazendo a semifinal nesse sábado. E o grande resultado do dia foi no salto em distância masculino. Já pré-classificado para Londres, Mauro Vinícius da Silva (foto) saltou 8,28m em seu último salto e fechou a qualificação com o melhor resultado e com a melhor marca do ano no mundo.

Arremesso de Peso Masculino

Na 1ª das duas únicas finais do dia, o americano Ryan Whiting de 25 anos, mostrou que é mais um americano de alto nível nessa prova. Sétimo em Daegu-2011, estava em 3º após 4 arremessos e a liderança pertencia ao campeão Mundial em Daegu-2011, o alemão David Storl, com 21,88m logo no seu primeiro arremesso.

Na 5ª rodada, Whiting faz excelentes 22,00m e assume a liderança para não perder mais. Esta também é a melhor marca do ano indoor para a prova. Storl não conseguiu pegar a liderança de volta e acabou com a prata. O bronze foi para o polonês campeão olímpico Tomasz Majewski, com 21,72m. Alto nível de prova, que promete muito como a 1ª final do atletismo em Londres.

Pentatlo Feminino

Com apenas 8 atletas, as provas combinadas de Mundiais Indoor tem um altíssimo nível técnico. E esse contava com Tatyana Chernova (RUS), campeã mundial em Daegu-2011, Jessica Ennis (GBR), campeã mundial em Berlim-2009, Natallia Dobrynska (UKR, foto), ouro em Pequim-2008, e Austra Skujyte (LTU), bronze em Atenas-2004.

Após 3 provas pela manhã (60m com barreiras, salto em altura e arremesso de peso), Jessica Ennis liderava com 3.064 apenas 10 a mais que Skujyte e 29 a mais que Dobrynska. Na 4ª prova, o salto em distância, Ennis estava a caminho da vitória e do recorde, mas com apenas 6,19m, caiu para a 3ª posição e Dobrynska, com excelentes 6,57m e 1.030 pontos, disparou, abrindo 87 pontos de Skujyte e 93 de Ennis.

Na prova final, os 800m, bastava não ficar muito para trás, que o ouro era dela. E com 2:11.15 e 948 pontos, somou incríveis 5.013 pontos, novorecorde mundial da prova! O recorde anterior durava desde 1992, de Irina Belova (CEI), com 4.991 em Berlim.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mundial Indoor de Atletismo – Dia 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s